sexta-feira, abril 01, 2011

Como acabar com discussões improdutivas

Aos meus seis leitores: não estou escrevendo diariamente aqui porque...

...porque entrei no modo foco: algumas tarefas no trabalho com deadline pra hoje. Menos 3kg, e estou saudável e bem disposta. Trabalho da pós pra apresentar semana que vem. Relacionamento. Banda. Ufa.

Sobre sorte e dinheiro, mentalizei, visualizei e cheguei na lotérica super disposta a acertar a Mega-Sena. Marquei os números e olhei, como quem não quer nada, o resultado do sorteio anterior. Fuckmylife, eu teria acertado a quadra... do sorteio anterior. A probabilidade de um raio cair no mesmo lugar, ou melhor, dos números se repetirem, é bem baixa e a gente sabe... então usei o cartão da mega-sena de marcador de livro mesmo. Economizei 3 reais.

* * *

Acabando com discussões improdutivas

Às vezes, discussões servem para acertar pontos de conflito: discute-se até as partes chegarem a um consenso e entenderem os pontos de vista um do outro.

O problema é que entender o outro nem sempre é fácil, ou possível. Dizer 'coloque-se no lugar do outro' é muito fácil, quero ver é pessoas com criações completamente diferentes e pontos de vista realmente divergentes entenderem o outro. Entenderem mesmo, entenderem as motivações para esta ou aquela argumentação, quando seu ponto de vista é fruto de uma determinada criação, hábitos arraigados há mais de trinta anos... vamos ser realistas? Não rola.

E aí, o que que você faz? Passa a vida discutindo e, assim, minando um relacionamento (que pode ser de amor, amizade, trabalho, cordialidade ou até familiar) por causa de pontos de vista?

Então, assim, fica a dica pra você, que busca ajuda para seus problemas: discutir é legal, é saudável e a possibilidade de consenso existe. Mas quando o assunto empaca, aprenda com esses dois rapazes super maduros como é que se faz:


http://www.youtube.com/watch?v=_JmA2ClUvUY

Repare que eles se entendem perfeitamente, mesmo não dizendo nada com nada. A ideia é essa: pra que argumentar, meu deus? Independente do que você disser, você está sendo compreendido (ou não)! O outro já está predisposto a entender (ou não) tudo o que você diz, mesmo que seja "Dadadadadadada"!

Sabendo disso, encerre a discussão antes que a discussão encerre com você. Não gaste energia argumentando. "Olha, agora a gente não vai decidir nada, dá cá um abraço", ou um simples "Dadadadadadada? Dadadadada!" pode fazer milagres (obviamente não no trabalho ou num ambiente mais formal. mas tenho certeza de que você terá uma saída para encerrar uma discussão improdutiva. "Tá bom, mas e o Muricy, hein?" "Olha, a gente não vai sair desse ponto, já viu a pegadinha de primeiro de abril do Google hoje?" ou... confio em você, leitor).

* * *
Ok, um vídeo de bebês fofinhos em plena sexta-feira é um grande estímulo ao bom humor, vai...

2 comentários:

Cid disse...

Bebês na sexta? A ultima coisa que alguém quer ouvir falar na sexta é bebês...

Lia disse...

Hahahahahahahahhaha!!!!!

Tá... entendo seu ponto de vista... não vamos discutir sobre isso... heheheehe.

:*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...