quinta-feira, julho 14, 2011

Como recuperar a voz depois de um excesso vocal

Então você exagerou no karaokê. Foi para a rodinha de violão na sexta e acordou sábado completamente sem voz. Deu uma palestra e se viu praticamente mudo no dia seguinte. Existem vários motivos para as disfonias: lesões mais ou menos graves nas pregas vocais, problemas crônicos… Só um médico pode dizer realmente o que você tem. Mas, se você não estiver sentindo dores, vale tentar isso aqui.
 

Você vai precisar de:
  • Muita água (nada de gelados!)
  • Maçã
  • Spray de mel, própolis e romã
  • Papel e caneta
  • Paciência
  • Bons ouvidos


1 Exercite a paciência e a audiçãoVocê não pode falar até recuperar a voz. NADA. Nem um ‘ai’. Não insista. Falar baixo também não pode: sussurrar só vai forçar sua voz. Isso aí. Ouça, preste atenção nos barulhos, nas pessoas. Avise no trabalho que hoje, e só hoje, você se comunicará apenas por e-mail. Aprenda a linguagem de libras. Use bilhetinhos. Passar um dia no silêncio absoluto é um exercício curioso, mas você recuperará sua voz rapidinho. Papel e caneta ajudarão – e muito – a dar o recado.

2 SpraysAutomedicação não é legal em hipótese alguma, lembre-se disso… Mas spray de mel com própolis está liberado (considerando que você não tem diabetes e pode usar esses sprays, certo?). Procure um que tenha extrato de romã. Uma carga extra de própolis não faz mal. Borrife sempre que você quiser falar com alguém… Em vez de falar. Que tal?


3 ÁguaBeba água, muita água. A água ajuda a limpar o muco da garganta e a manter as pregas vocais hidratadas. Não, não, pastilha não: pastilhas aliviam as dores, mas podem mascarar algum desconforto. Uma dosezinha de conhaque também não, pelo mesmo motivo: você acha que o álcool relaxa sua voz, mas o que acontece é que ele apenas anestesia – se você tiver um problema, ele ainda estará lá. Não cura. Não hidrata. Não limpa. Aposte na água, muita água: 1 litro de água na temperatura ambiente está bom!
 
4 Força de vontadeNão, você ainda não pode falar. Sua voz deve ficar de repouso. E, se estiver frio, agasalhe bem a região do pescoço: manter a garganta quentinha e confortável ajuda, ah, se ajuda! Mas, olha… Não pode falar. Nada. Entendeu?


5 MaçãSe Maria Bethânia diz que sua receita para voz é ‘mel e maçã’, quem somos nós para contestar? O fato é que a maçã ‘desce limpando’, sendo recomendada em dez entre dez receitas para melhorar a rouquidão.
 
6 Lembre-se!O normal, com muita água, própolis, romã e silêncio, é que sua voz volte ao normal rápido. Se a rouquidão demorar mais de quatro ou cinco dias para passar, vá ao médico. Ela pode ser sinal de algo mais grave, como lesões, pólipos e outros problemas nas cordas vocais. Cuide-se!
 
7 Vai usar a voz com frequência?A rodinha de violão virou uma banda de rock? Vai virar habitué do karaokê? As palestras se multiplicaram e agora acontecem uma vez por semana? Quando estiver 100%, fazer um acompanhamento com um fonoaudiólogo ou aulas de preparação vocal será fundamental para manter a voz sempre saudável.

6 comentários:

Priscilla Bessoni Marchete disse...

Boa dica. Gosto muito de um videokÊ, rs. Depois de 50 músicas, não tem garganta que aguente (rs).

www.feminiana.blogspot.com

Tay oliveira disse...

Amei,parabens,espero que eu melhore com essas dicas!

Tay oliveira disse...

Amei,parabens,espero que eu melhore com essas dicas!

Tay oliveira disse...

Amei,parabens,espero que eu melhore com essas dicas!

Tay oliveira disse...

Amei,parabens,espero que eu melhore com essas dicas!

Tay oliveira disse...

Amei,parabens,espero que eu melhore com essas dicas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...